Madrid é uma cidade imponente onde não faltam ofertas originais de lazer e turismo, tanto interiores como exteriores. Neste guia você encontrará tudo o que não pode faltar, além de diversos planos nos quais dificilmente gastará dinheiro.

Abaixo, você tem um índice com todos os pontos que abordaremos neste artigo.

Informações gerais

Madrid, a capital espanhola, é uma das cidades mais visitadas do país. Graças à sua oferta turística, atrai anualmente milhões de pessoas de todo o mundo.



Para que esses visitantes estejam sempre informados, por toda a cidade existem vários Escritórios de turismo para poder esclarecer qualquer dúvida ou adquirir um mapa. Eles são encontrados nestes endereços:

  • Aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas, T2, entre quartos 5 e 6
  • Aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas, T4, sala 10
  • Paseo de la Castellana, 138 (próximo ao Santiago Bernabéu)
  • Paseo Recoletos, 23
  • Plaza de Callao, s / n
  • Praça Cibeles, 1
  • Neptune Square
  • Plaza Mayor, 27
  • Ronda de Atocha, s / n (junto ao museu Reina Sofia)

Para tornar mais fácil conhecer este local, o Turismo Madrid desenvolveu um app (aplicativo) que pode ser baixado em um iPhone e em um telefone Android.

No seguinte mapa turístico você pode ver a área central desta cidade:

Como você descobrirá abaixo, em Madrid há muitas atrações para ver e muitos planos para fazer. No entanto, algumas pessoas preferem outras cidades como Barcelona. Aqui você encontra as demais cidades mais importantes do país: As 10 cidades mais importantes da Espanha.

O que visitar

Madrid é uma cidade com áreas bastante diferentes e edifícios impressionantes. Estes são os 10 locais que não podem faltar na sua lista:

Puerta del Sol

Esta praça é a esquina mais famosa de Madrid, pois é aqui que se realizam os eventos mais importantes e concorridos do ano, como a passagem de ano, quando a atenção dos presentes se concentra no relógio dos Correios Reais.

Aqui você também encontrará o Quilômetro Zero de onde partem as rodovias radiais da Espanha. Além disso, embora passe despercebido, há a Estátua do Urso e o Morango, ícone da cidade.

Plaza de Cibeles

Neste movimentado local estão situados o Palácio de Cibeles e a atual Prefeitura, assim como a Fonte de Cibeles, que data do século XVIII e é a protagonista das mais importantes festas esportivas do país.

Outros edifícios notáveis ​​são o Banco da Espanha e o Palácio de Buenavista. Este ponto se comunica com a Calle Alcalá e Paseo del Prado.

Parque del Buen Retiro

O retiro É o maior parque de Madrid, ideal para praticar desporto, passear ou simplesmente sentar-se num dos seus bancos para contemplar as vistas e os transeuntes que passam.

Em seus 118 hectares, destaca-se o Palácio de Cristal, que costuma abrigar algumas exposições de arte, e a grande lagoa artificial ao lado do Monumento a Afonso XII, onde se pode subir de barco.

Bairro austrias

Esta área, também conhecida como Madri das AustriasÉ o local com maior história da cidade, pois inclui a parte incluída no traçado medieval encomendado pela Casa dos Habsburgos.

É aqui que o Palácio Real de Madri o Palácio leste, a residência oficial do Rei da Espanha. Ao lado dela encontramos a Catedral da Almudena, que foi construída entre os séculos XIX e XX.

No entanto, o lugar mais conhecido nesta área é o Plaza Mayor, que tem sido um dos pontos-chave de Madrid desde o século XVI. Hoje você encontrará vários bares e restaurantes lá.

Templo de Debod

Curiosamente, dentro de Madrid, você pode encontrar um autêntico templo do antiga civilização egípcia: O Templo de Debod, que doou Egito para a Espanha em 1968. Este edifício tem 2.200 anos de história, o que o torna uma das visitas obrigatórias da cidade.

A visualização do seu interior é totalmente gratuita e pode ser feita todos os dias da semana exceto segunda-feira e alguns feriados como 1º de maio e natal. Você tem todas as informações neste artigo: O Templo de Debod em Madrid: horário de funcionamento, como chegar e preços.

Se depois de saber você tiver interesse em aprender mais sobre a cultura egípcia, recomendamos o seguinte artigo: Civilização egípcia: localização, organização e características.

Porta de Alcala

La Porta de Alcala, que se encontra na rua com o mesmo nome, é um dos monumentos mais famosos de Madrid. Na época da sua construção, em 1778, ficava aqui a entrada da cidade.

Atualmente está localizado dentro de uma rotatória onde o trânsito não para o dia todo. Está próximo de Parque del Retiro e apenas 400 metros da Plaza de Cibeles.

Bairro das Letras

É a área preferida dos amantes da literatura, já que grandes autores espanhóis do passado viveram no bairro de Literatura ou Literatura. Século do Ouro, entre os quais Cervantes, Quevedo, Lope de Vega e Góngora.

O aspecto positivo desta área é que grande parte de suas ruas são pedonais e, além disso, você poderá ver no terreno os versos e frases mais marcantes dos escritores que residiram neste local.

Praça de Espanha

Se você pretende passar pela Gran Vía, não deixe de visitar primeiro a Plaza de España, que fica ao lado. Apesar de estar no centro de Madrid, é um jardim tranquilo e sem trânsito.

O principal monumento deste local é aquele construído em homenagem a Miguel de Cervantes. Nele você encontra seus dois personagens mais famosos: Dom Quixote e Sancho Pança.

Parque El Capricho

Embora não seja tão grande quanto El Retiro, o Parque El Capricho de la Alameda de Osuna se destaca por seu patrimônio e seus recantos únicos. Além disso, ele não é tão conhecido, então a calma geralmente reina nele.

Entre os prédios que estão localizados no interior, um bunker do Guerra Civil que se encontra em ótimo estado de conservação e que pode ser visitada aos finais de semana.

Distrito financeiro

Os interessados ​​na arquitetura mais moderna não podem deixar de visitar o distrito financeiro, que fica no final do Paseo de la Castellana e faz parte do bairro de Tetuán.

Entre os edifícios mais altos estão a Torre Picasso, com 156 m, e a Torre Europa, com 121 m. No entanto, os edifícios mais famosos da área são as Torres KIO, que formam as chamadas Portão da europa. São os dois edifícios inclinados que podemos ver nesta foto:

O que fazer

Em uma cidade tão grande e com tanta diversidade, é fácil encontrar um plano de acordo com o gosto de cada um. Aqui estão alguns dos mais recomendados:

Fazer compras

Se você quiser percorrer mais luxuoso de Madrid e visite as lojas mais exclusivas, não pode deixar de visitar o bairro de Salamanca. Nela está localizada a Calle Serrano, também conhecida como a milha dourada.

Uma opção totalmente oposta é El Rastro, um mercado localizado entre Lavapiés e La Latina que se abre todos os domingos e feriados. Nele você pode encontrar objetos antigos, arte, roupas, etc.

Visitar um museu

O fato de chover em Madrid não significa que nada possa ser feito. A melhor opção para um dia de chuva é visitar um dos grandes museus da cidade.

O mais famoso é o Museo del Prado, onde poderá desfrutar de grandes obras dos artistas mais relevantes da história, como Velázquez, Rubens ou El Greco, entre muitos outros. É gratuito todas as tardes a partir das seis (cinco aos domingos e feriados).



Para quem prefere a arte contemporânea, encontramos o Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia. Ambos os centros estão muito próximos e você pode ir de um para o outro em apenas dez minutos.

Da mesma forma, também é importante conhecer o Museu Thyssen-Bornemisza, no qual se destacam obras de arte como Sonho causado pelo voo de uma abelha em torno de uma romã um segundo antes de acordarpor Salvador Dalí.

Sair da festa

Se o que você quer é curtir a vida noturna madrilenha, existem diferentes opções. A área mais movimentada, especialmente nas noites de sexta e sábado, é Huertas, que fica perto da Puerta del Sol.

O bairro mais alternativo é Malasaña, onde há muitos lugares dedicados ao rock ou punk. É aqui que o movimento artístico chamado la Madrid movida. Por outro lado, a cena gay concentra-se em Chueca.

Se quiser prolongar a festa o máximo possível, você pode ir a uma das melhores casas noturnas do país, entre as quais:

  • Kapital
  • Alegria Eslava
  • New Garamond

Assistir um show

Ao longo da Gran Vía concentram-se os espetáculos mais populares da cidade, sejam peças de teatro, musicais, monólogos, etc. Entre os locais mais populares estão o Teatro Rialto e o Teatro Lope de Vega. Por outro lado, o Teatro Real de Madri Ele está localizado na Plaza de Oriente.

Se você deseja participar de uma dessas atividades, é recomendável comprar os ingressos com antecedência, pois eles costumam se esgotar e pode ser difícil conseguir no mesmo dia em que pretende participar.

Turismo gastronômico

Madrid é uma cidade ideal para o turismo gastronómico, já que a sua oferta gastronómica não deixa fome. Entre seus petiscos típicos estão o sanduíche de lula ou a tortilla pincho.

Se quiser experimentar estas tapas, entre outras, um bom lugar é Mercado San Miguel, que abre todos os dias da semana, das dez da manhã até tarde da noite.

No entanto, também pode ir a um restaurante mais seleto como a Casa Benigna, La Candela Restò ou DiverXO, uma das opções mais vanguardistas e diferenciadas que pode encontrar.

Faça uma rota

Fazer um roteiro turístico é uma boa opção se você tem apenas 24 ou 48 horas na cidade. São inúmeras as empresas que se dedicam a ensinar o que há de mais importante e especial na cidade.

Da mesma forma, há alguns que se concentram na organização de percursos temáticos, que incidem sobre uma parte de Madrid e alguns dos seus personagens mais importantes, como Velázquez. Alguns são até oferecidos em que o passeio é feito de bicicleta ou segway.

Suba pelo teleférico

Um plano romântico e perfeito para fazer com o seu parceiro, por exemplo, no Dia dos Namorados, é pegar o teleférico que vai da Estação Rosales à Casa de Campo.

As cabines são grandes e espaçosas, e delas você pode desfrutar de belas vistas da cidade. Os ingressos podem ser adquiridos lá. Além disso, é uma opção bastante barata. No artigo a seguir, você encontrará mais informações: Teleférico de Madrid: endereço, preço, como chegar e horários.

Madri com crianças

Madrid é uma boa cidade para visitar com crianças e até bebés, pois tem uma importante rede de transportes e ao longo do ano são organizadas muitas actividades para os mais pequenos.

Se quiser surpreendê-los com vistas impressionantes mesmo quando está a chover, pode ir com eles ao miradouro do Farol da Moncloa ou ao teleférico, que já mencionamos no ponto 3.7 deste artigo.

Além disso, desta forma poderá aproveitar para ir ao Parque de Diversões Madrid, uma vez que se encontra na Casa de Campo. Uma boa época para visitar é o Natal, quando o parque está enfeitado para a ocasião e torna a diversão ainda mais.

Por outro lado, se os seus filhos são fãs de futebol, vão adorar assistir a um jogo num dos dois principais estádios da cidade: o Santiago Bernabéu e o Vicente Calderón. É uma opção que até Adolescentes eles vão adorar.

Entre os museus mais recomendados para crianças está o Museu Nacional de Ciências Naturais. Da mesma forma, um lugar especial é a Casa-Museu Ratón Pérez.

Além dos parques citados, pode-se ir até Madrid Río, onde há um total de 17 áreas com jogos infantis, além de circuitos para a prática de esportes. Situa-se às margens do rio Manzanares.

Meios de transporte

A rede de transportes públicos de Madrid é perfeita para conhecer a cidade sem ter que ir a pé para todo o lado. A melhor opção é adquirir um passe turístico.

Este tipo de passagem pode ser adquirido por 1, 2, 3, 5 ou 7 dias. Com ele você pode pegar qualquer meio de transporte, tanto metrô, ônibus, bonde, trem, etc. Existem dois tipos:

Zona A
Inclui todos os transportes da cidade de Madrid, para além do metro que vai para o aeroporto, os arredores das zonas O e A e o metro ligeiro ML1. O ônibus está excluído Exprés Aeropuerto.
Zona T
inclui todas as áreas metropolitanas, linhas de ônibus urbanas e interurbanas (exceto o Exprés Aeropuerto), toda a rede de Cercanías, o Metro Ligeiro ML2 e ML3 e o eléctrico para Parla. Portanto, você pode ir para Guadalajara ou Toledo.

Outra forma de conhecer a cidade sem precisar caminhar é pegando um ônibus turístico, que conta com audioguias nos mais diversos idiomas e diversos roteiros.

Porém, se preferir fazer exercício e circular livremente, pode optar pelo aluguer público de bicicletas, que tem uma tarifa de 1, 3 ou 5 dias.

Quando ir

Madrid é uma cidade perfeita para ir o ano todo. No entanto, existem certas datas que tornarão sua viagem mais especial. Uma delas é o Natal, quando você pode curtir uma diferente véspera de Ano Novo e o desfile da Noite dos Três Reis.

Quanto à festa mais importante, esta é a San Isidro E acontece todos os anos no mês de maio, quando acontecem na cidade shows musicais, shows, etc.

Porém, se você quer se deslocar pela cidade com tranquilidade e evitar o acúmulo de turistas, é melhor evitar feriados como a Páscoa ou a ponte de dezembro.

Quanto ao tempo necessário para conhecer a cidade, você pode saber o básico em um final de semana. No entanto, uma visita de três a cinco dias seria perfeita para ver em profundidade.

Arredores

Apesar de Madrid ser uma cidade com uma oferta imensa na qual é difícil ficar entediado, pode aproveitar a viagem para conhecer alguns dos bairros e recantos que estão próximos.

San Lorenzo de O aterro de entulho fica a apenas 45 km da capital. Aqui encontramos um mosteiro construído no século XNUMX, declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Além disso, é um local rodeado pela natureza, ideal para caminhadas.

Nesta província também encontramos Aranjuez, especificamente a 51 km de Madrid. Esta encantadora cidade destaca-se pelo seu Palácio Real e jardins impressionantes. Tem vários hotéis onde pode ficar.

Uma alternativa diferente é ir para Warner Park, onde há atrações para crianças e adultos, além de shows e espaços temáticos onde é possível conhecer personagens de The Looney Tunes Show.

Este artigo foi compartilhado 49 vezes. Passamos muitas horas coletando essas informações. Se gostou, compartilhe, por favor: