Egito É um país interessante, cujos habitantes mantêm vários costumes relacionados à sua cultura e religião. Neste artigo, falaremos sobre as tradições mais importantes que são preservadas hoje tanto nas áreas rurais quanto nas cidades.

Abaixo, você tem um índice com todos os pontos que abordaremos neste artigo.

Religião

Cerca de 90% dos egípcios são Muçulmanos, então a religião está bastante presente na cultura desse país africano. Entre os diversos costumes dessa fé está o de não beber álcool ou comer carne de porco.



Por outro lado, existe uma pequena minoria de coptas, ramo do cristianismo característico deste território. Portanto, é possível encontrar uma igreja em algumas áreas de Egito.

Cristãos coptas celebram o Natal. Ao contrário da maior parte do mundo, para eles o dia mais importante é o Janeiro 7. Entre as diferentes tradições dessas datas, está a de ir à igreja com roupas novas, dar presentes aos pobres e jejuar.

Na noite de 7 de janeiro, um grande jantar é organizado com a família e amigos conhecido como Feito. Carne cozida, arroz, pão e alho são consumidos nele.

O Ano Novo é comemorado principalmente nas grandes cidades devido em parte ao afluxo de turistas. Porém, para os coptas, essa data é comemorada no dia 11 de setembro, dia em que dão presentes às crianças. A noite anterior é conhecida como nochevieja.

Aniversário

O aniversário é um dia importante para os egípcios. Portanto, eles organizam festas com amigos e familiares. Neles é servida comida farta, assim como doces típicos.

Casamentos e casamento

Na zona rural do Alto Egito ainda é comum que sejam arranjados casamentos de primos. Isso significa que é a família, e não o casal, que decide quem vai casar com quem.

É comum o pai da menina dar um dote ao futuro marido. No entanto, é a família do noivo que paga o banquete de casamento e a hospedagem, entre outras coisas.

O dote é uma coleção de dinheiro e objetos de valor que a noiva ou sua família dão ao futuro marido.

No casamento, é comum fazer uma marcha nupcial conhecida como zaffa. Nele é tocada música tradicional e há dançarinos e artistas. Algumas dançarinas carregam um lustre na cabeça. Eles se encarregam de levar a noiva para a casa do noivo ligando Dança Shamadan.

O Islã permite que um homem se case com mais de uma mulher, embora isso não seja comum hoje. Nesse caso, o marido deve ser responsável por apoiar todas as mulheres igualmente. Além disso, você deve ter a permissão da primeira esposa. Uma mulher casada não pode viajar para o exterior sem a permissão do marido.

Hábitos e costumes

No Egito, é rude apontar as pessoas diretamente. Ao saudar, a mão direita geralmente é sacudida. Entre pessoas do mesmo sexo, eles também podem se beijar duas vezes.

Embora pareça um costume estranho, no Egito e no resto dos países árabes é normal que dois homens andem de mãos dadas descendo a rua como um símbolo de amizade. Deve ser lembrado que a homossexualidade é desaprovada e até punida. Você pode aprender mais sobre este tópico no seguinte artigo: Os 10 piores destinos turísticos para a comunidade LGBT.



Por outro lado, a mão esquerda não é usada para as ações principais, como comer ou tocar uma pessoa, por ser considerada rude.

gastronomia

Como em outras culturas, as refeições têm uma função social e as pessoas tendem a se reunir. Além disso, costumam ser a principal atividade na celebração de certas datas, como aniversários.

El medames completos é considerado o prato nacional. Seu principal ingrediente é o feijão, que é cozido em uma panela de cobre em fogo baixo. Em seguida, são temperados com azeite, alho, salsa, cebola e suco de limão.

Outro prato típico é fesikh, que é um peixe seco com sal. Com a comida, os egípcios costumam beber água com algum tipo de sabor, como flor de laranjeira. O pão é um dos elementos mais importantes da gastronomia egípcia. É feito de diferentes formas e costuma acompanhar os pratos principais.

Mulheres

As mulheres têm mais liberdade do que em outros países árabes, pois podem dirigir, sair às ruas sozinhas e trabalhar. No entanto, não é recomendado que eles viajem desacompanhados à tarde e à noite.

Além disso, existe uma grande diferença entre o país e a cidade. Nas áreas rurais, o meio ambiente é mais conservador e as mulheres têm maior responsabilidade na criação dos filhos.

Traje

Nas áreas rurais, o fato de os cotovelos e joelhos não serem exibidos e as mulheres usarem os cabelos cobertos é mais estritamente aplicado. No entanto, nas grandes cidades há maior liberdade. O principal material com o qual as roupas são feitas é o algodão.

As mulheres tendem a se vestir cobrindo os ombros, peito e barriga. Alguns carregam hijab, cobrindo a cabeça e o peito, ou nicab, que cobre todo o rosto e só deixa os olhos descobertos.

Já os homens usam calças largas e camisa. Nas cidades mais modernas também se podem ver alguns meninos com shorts, embora também existam aqueles que cobrem o corpo todo.

Negócio

Quando se trata de fazer negócios, os egípcios não chegam a um acordo até que tenham uma relação de confiança com a outra pessoa. Por isso, as reuniões costumam ser bastante longas e tratam de outros assuntos além de negócios.

A pontualidade não é um requisito essencial, pois têm uma concepção de tempo diferente de outros países e não gostam de ter pressa. Portanto, você tem que ter paciência.

É comum a troca de pequenos presentes e a presença em uma refeição ou show como forma de ganhar mais confiança e nos conhecer melhor.

Este artigo foi compartilhado 137 vezes. Passamos muitas horas coletando essas informações. Se gostou, compartilhe, por favor: